27 de Fevereiro Dia do Idoso

Padrão

Acontece no dia 27 de fevereiro um dos dias mais queridos entre as famílias de todo o Brasil, o “Dia do Idoso” é um dia onde muita coisa deve ser dita e agradecida para as pessoas com mais idade que nos ensinaram mais da metade do que vivenciamos, principalmente para os nossos pais. No ano de 1999 o Dia do Idoso foi estabelecido oficialmente pela Comissão de Educação do Senado Federal, depois de algumas contradições a data foi oficializada para todo o Brasil.

Então, o fundamento principal disto foi o de fazer com que todos tirem pelo menos um dia para fazer com que a reflexão tome conta de nossas cabeças sobre a gratidão para com os mais velhos. Outro fator que empurrou esta data adiante foi o tratamento que alguns idosos recebem nas situações do nosso país, tudo em torno de seus principais direitos e de todas as suas dificuldades no dia a dia.
Os dicionários, de maneira geral, definem como idoso aquele que tem muitos anos, velho, senil. Na forma da lei, idoso é a pessoa com idade igual ou superior a 60 anos de idade, no Brasil também chamado aquele que está na Terceira Idade, ou o eufemismo frequentemente usado: a melhor idade.

Não importa o significado, a denominação, o importante é que em todas as etapas da vida o indivíduo passa por inúmeras provações e afirmações acreditando que quando idoso atingirá um período de felicidade e despreocupações, mas infelizmente, nos dias de hoje, também são encontradas nessa fase da vida muitas adversidades. Todavia, ainda existem muito preconceito e desrespeito em relação aos idosos, principalmente nos países pobres ou em desenvolvimento.

No Brasil, são muitos os problemas enfrentados pelas pessoas da terceira idade em deu dia-a-dia: a exclusão no mercado de trabalho, a desvalorização de aposentadorias e pensões, a depressão, o abandono da família, a falta de projetos e de atividades de lazer, além do difícil acesso aos planos de saúde (abandono em casas de repouso), pode-se considerar esses como principais, mas muitos outros problemas são afrontados aos idosos.

Considerado a melhor idade para alguns, a pior idade para outros, a terceira idade para muitos, os idosos aproveitam esta fase como podem, sem preocupações e com tranquilidade, vivendo bem em suas casas. A intenção principal de uma pessoa depois que ela passa dos 60 anos de idade, é que fique tranquila em sua residência e que não tenha mais preocupações com os tumultos de uma cidade grande e de um mundo que não para nunca, por isto, esta data é tão especial para algumas famílias que ainda constituem casais de senhores que já têm até bisnetos em sua frente.

Observando que com o avanço da medicina, a vida dos idosos poderá aumentar ainda mais, esta estimativa só eleva cada vez mais a esperança de uma população interminável em alguns países como a China. Entretanto, isto é algo que deve ser analisado com o tempo, o que importa mesmo é poder estar presente em todo dia 27 de fevereiro com os idosos da família podendo dar a eles um dia diferenciado e cheio de alegrias.

Para que serve o aparelho Peck Deck?

Padrão

 

Um jeito certo para que possamos realizar essa tarefa de maneira coerente sem prejudicar a nossa saúde, por isso é interessante ficar atento a todas elas para evitar futuros transtornos se tratando do assunto, se você permanece com essa duvida, então recomendamos que consulte um personal trainning, ele com certeza lhe indicará a melhor maneira de fazer as suas atividades. Há um aparelho que tem sido muito utilizado por quem entende do assunto, ele é denominado Peck Deck, em geral serve para vários tipos de exercícios, alguns em especial como: Supino Reto com Barra, Supino Declinado com Barra, Mergulho nas Paralelas, Crucifixo reto, Supino inclinado com Barra, Cruzamento de cabos – Crossover. Resumindo ele é considerado uma academia e que ocupa pouco espaço.
 
Mas nada como utilizar-se de bons e velhos métodos para conseguir um bom desempenho em sua massa corporal. O interessante é descobrir qual seria a melhor forma para você realizar o seus exercícios, existem varias, diga-nos a sua favorita, caso você já tenha! Os principais freqüentadores de academia e que utilizam treinos com pesos treinam todos os músculo do corpo. Alguns músculos são treinados com mais dedicação mesmo que involuntariamente. O peito mesmo é o preferido dos praticantes. Existem dezenas de exercícios para aumentar, definir ou fazer seu peito aparecer mais dentro os demais da academia. O peck deck é um dos aparelhos mais utilizados e disputados dentro da academia, mas também poderá o aparelho trabalha o músculo frontal do peito todo.
Conheça um pouco mais sobre o Peck Deck: Mas você se pergunta para que serve o aparelho peck deck? Quais os benefícios do exercício? Também conhecido como “Fly” o aparelho funciona como dois halteres, só que fixos, você precisa pressionar até o peito. Mas precisamos ressaltar também que embora o exercício seja bom é preciso uma certa técnica para sua execução, pois você pode forçar as articulações do ombro caso impulsione mais que o necessário pode causar uma lesão. Com isso para iniciantes indicamos outros exercícios equivalentes.
 
Confeccionado pela Binguel o aparelho de musculação Peck Deck é um equipamento de ginástica robusto e completo capaz de atender todas as expectativas de qualquer usuário que deseja deixar o sedentarismo de lado, lembrando que seu uso é indicado em casas, apartamentos ou qualquer lugar onde o espaço seja otimizado. Em termos técnicos o Peck Deck Bringuel não deixa a desejar, pois apesar do seu preço extremamente baixo o produto analisado é bastante robusto. Produzido com estrutura em metalon o Peck Deck Bringuel possibilita a excecução de inúmeros exercícios, possibilitando o treino dos membros inferiores e superiores. Detalhe: O produto abordado possui suporte para usuários de ateh 100kg. Preço: Conforme mencionado o produto em questão possui como um dos seus principais atributos o valor agregado ao mesmo.

Como tratar Amígdalas inflamadas em Casa

Padrão

amigdalas-inflamadas

Tratar uma dor de garganta e amígdalas inflamadas em casa pode ser uma medida preventiva eficaz, evitando uma visita desnecessária ao médico. A inflamação na amígdala, também chamada de tonsilite, pode ser causada por fatores irritantes, ambiente seco, vírus, bactérias ou alergias. Esse inchaço, apesar de ser desconfortável, nem sempre requer uma visita ao médico, uma vez que pode ser tratado de maneira eficaz com remédios caseiros. Você pode usar esses remédios em associação com qualquer tratamento prescrito por um médico.

Como tratar Amígdalas inflamadas em Casa

  • Pegue 5 folhas de erva-de-santa-maria e ferva-as. Coloque a erva em um pano e enrole em volta do pescoço.
  • Pegue 20 gramas de pimenta-do-reino 6 triture-as bem. Coloque água no fogo e, quando estiver fervendo, coloque a pimenta juntamente com o caldo de 1 limão.
  • Quando a água já estiver morna, gargareje por 30 segundos até acabar com o remédio. Faça isso 3 vezes por dia.
  • Coloque em 1 copo d’água 1 colher (chá) de Merthiolate e faça gargarejos 3 vezes ao dia.
  • Aplique banha de galinha quente no pescoço. Enrole um pano e evite a friagem.

Câncer de mama

Padrão

O câncer de mama é um dos cânceres mais temidos por todas as mulheres. Sua frequência é bastante comum, levando as mulheres que possuem esse tipo de câncer a terem problemas com a autoestima e a percepção de sexualidade. Embora seja raro antes dos 35 anos, sendo muito freqüente em mulheres acima dessa idade, é necessário que todas as mulheres façam o autoexame mensalmente.

No Brasil, esse tipo de câncer é o que mais causa mortes em mulheres e o sintoma é a presença de nódulo ou de caroço no seio e pode vir acompanhado de dor ou irritação no local. No caso mais avançado, esse caroço pode ser detectado com muita facilidade.

Câncer de mama

Câncer de mama (Foto: Divulgação)

Quais são as causas desse tipo de câncer?

As causas do câncer de mama ainda são desconhecidas podendo ocorrer através de um histórico familiar, principalmente se a mãe ou a irmã da paciente tiver e se foi bilateral ou se ocorreu logo após a menopausa. Um outro fator de risco é a exposição, antes dos 35 anos, à radiação ionizante. Muitos dos casos ocorreram em mulheres que tiveram a primeira gravidez depois dos 30 anos de idade ou que entraram na menopausa após os 50 anos, em média.

Fatores como o uso de álcool, mesmo que em quantidades moderadas, geram um risco moderado de câncer de mama, assim como o uso de contraceptivos orais que mostraram que as mulheres que fizeram uso por um longo período de tempo ou com dosagens elevadas de estrogênios, apresentaram um maior risco.

Para se detectar o câncer de mama é preciso fazer mensalmente o autoexame nas mamas, a mamografia e o exame clínico. A melhor época para se fazer o exame é uma semana após a menstruação ou para as mulheres que não menstruam mais, em um mesmo dia a cada mês. Percebendo qualquer alteração, a mulher deve procurar um médico especialista que fará uma avaliação sistematizada da mama, e caso observe algum problema, ele indicará a mamografia.

A mamografia é um exame radiológico dos tecidos moles das mamas, sendo considerado um dos mais importantes procedimentos para se ter a certeza da presença de um câncer de mama. Esse é um exame indicado em casos suspeitos e também de alto risco.

Dieta da lua

Padrão

A dieta da lua é muito famosa e é baseada na astrologia. Se você quer emagrecer  de uma forma não tão severa e de acordo com o calendário lunar, vale a pena saber como funciona essa dieta, que é muito eficaz, inclusive, muitas pessoas aprovam-na.

Como funciona?

A dieta da lua tem como base a ingestão de líquidos (apenas) por um período de vinte e quatro horas, exatamente nos dias que ocorrem as mudanças de fases da lua. Essas mudanças ocorrem 4 vezes por mês e de acordo com a dieta, só nesses 4 dias você terá limitações com a alimentação.  O indicado é tomar sopas, chá, café, muita água, sucos e iogurtes diet ou sem açúcar.

A dieta da lua é muito requisitada e muitas pessoas emagrecem seguindo o cardápio líquido nos dias de mudança da lua. Não há um estudo científico que comprove a sua eficácia e, inclusive, muitos profissionais da área alimentar, como nutricionistas não aconselham o seu uso. Porém, o que tem ficado mesmo é a experiência popular, confirmando que há eficácia nesta dieta.

dieta da lua

Dieta da lua (Foto: Divulgação)

Para segui-la de forma nada prejudicial, veja um cardápio para os 4 dias de dieta da lua:

Para o café da manhã, opte por sucos e vitaminas de frutas com adoçante ( de preferência sucralose). Pode, ainda, escolher chá e café com leite desnatado. Tomar um suco ou vitamina de frutas naturais e sem açúcar, chá com adoçante e café com leite desnatado;

No lanche (duas horas depois do café), tome um copo de vitaminas de fruta. (Se você tomou no café da manhã, escolha outra fruta para compor a vitamina).

Para o almoço, você irá tomar sopa com espinafre, repolho, abóbora, chuchu, cenoura e cebola. A sopa deve ser batida no liquidificador. Para dar mais sabor, você pode acrescentar um tempo do seu gosto ou um tablete de caldo de frango ou de carne.

Para o lanche da tarde (de preferência, 2 horas depois do almoço), tome um suco de fruta que possua fibras, como a manga, abacaxi e outros, acrescentando alguma verdura rica em fibra, também.

Antes do jantar, repita a dose de suco com verdura. Para o jantar, siga a mesma receita do almoço na dieta da lua.

Como amenizar os sintomas da TPM

Padrão

Os sintomas da TPM são diversos e ainda fazem parte do cotidiano das mulheres. Algumas mulheres não sentem os sintomas da TPM, outras possuem poucos, e ainda há um grande número daquelas que ficam muito abatidas porque possuem muitos sintomas. Saiba como amenizar os sintomas da TPM com dicas importantíssimas para o seu dia a dia.

Para se livrar dos indesejáveis sintomas da TPM é importante adquirir bons hábitos alimentares e práticas de vida saudável, como atividade física, descanso adequado e terapias de relaxamento. É importante lembrar, também, que sempre deve haver consulta ao médico e buscar fazer exames regulares.

Alguns nutrientes devem ser totalmente eliminados da dieta, na época da pré-menstruação. Enquanto outros devem ser ingeridos com frequência. Veja:

Nutrientes que são fontes vitamina B6: esses nutrientes são importante para a formação da serotonina, que atua na regularização do seu humor. A vitamina B6, aqui, é de extrema importância, por isso, vale apostar em uma dieta rica de: ovos, aveia, soja, fígado, batata, farelo de trigo, cenoura, amendoim, nozes e outros. Você pode fazer uma pesquisa sobre outros ingredientes que podem ser adicionados aos seus hábitos alimentares.

Como amenizar os sintomas da TPM

Como amenizar os sintomas da TPM (Foto: Divulgação)

Porém, lembre-se que é importante, sempre que possível, tentar balancear a sua dieta diária com esses ingredientes e não somente na época da TPM. Pois, assim, você já evita que os sintomas apareçam e peguem você de surpresa.

Mantenha o hábito de consumir carboidratos integrais, tais quais: macarrão, pães, biscoitos, aveia, farelo de trigo. A maioria dos supermercados apresentam as possibili4dades de alimentos integrais.

Acrescente ao seu hábito, ainda, a Vitamina E e o Cálcio. A vitamina E é de extrema importância porque pode aliviar sintomas muito comuns, como a sensibilidade dos seios (comumente acontece com as mulheres) e ansiedade. Os nutrientes podem ser: amendoim, nozes, carnes, ovos, óleos vegetais e outros. O cálcio, por outro lado, é importante para mulheres que possuem síndrome pré-menstrual. Nesse caso, são indicados: peixes, queijo, leite, iogurte e tantos outros.

Para reduzir todos os sintomas, siga uma boa dieta alimentar, reduzindo o sal, cafeína, álcool, e açúcar do seu consumo, pelo menos, durante 15 dias antes da menstruação. Por incrível que pareça, uma alimentação mais balanceada, com a ajuda de um repouso correto ou atividades físicas, é suficiente para amenizar os detestáveis sintomas da TPM.

Derrame no olho o que fazer?

Padrão

 

O tipo mais frequente de sangramento na superficie do olho é chamado de hiposfagma, ou popularmente como derrame ocular. Este sangramento ocorre na superfície do olho, entre a esclera (parte branca) e a conjuntiva (fina membrana transparente que recobre a esclera). Este sangramento não deve ser confundido com o sangramento intra-ocular, geralmente associado a lesão de retina como retinopatia diabética, trauma ou descolamento de retina. No caso do sangramento intra-ocular o paciente apresenta baixa de visão e deve ser examinado por um oftalmologista com experiência em retina.
 
Voltando a tratar do sangramento superficial, ou hiposfagma, na maior parte das vezes não se identifica uma causa para o sangramento, mas as vezes pode ser causado por um aumento súbito da pressão arterial, vômitos ou alteração na coagulação sanguínea. Causas mais raras incluem cistos de conjuntiva, amiloidose conjuntival e tumores de conjuntiva. A vermelhidão no olho é causada pelo rompimento de pequenos vasos sanguíneos mas o derrame não causa dor, não arde e não provoca secreção.  A partir da coloração muito intensa, que “mancha” os olhos, e da dificuldade de enchegar os vasos sanguíneos normais na parte branca do olho é que se constata o problema.
As maiores vítimas do derrame são pessoas que apresentam pressão arterial elevada, que passaram por grande estresse ou fizeram muito esforço físico. Qualquer anormalidade no olho sempre é motivo de preocupação e o derrame ocular é uma delas. Porém, tal preocupação não deve existir, pois é um quadro que não causa nenhum transtorno à visão. Através de um exame oftalmológico o médico terá a certeza que é um derrame e que o mesmo não trará conseqüências prejudiciais ao olho, pois o sangue será reabsorvido pelo organismo. Dificilmente este sangramento apresenta repetição, mas, se ocorrer, os procedimentos terão mais zelo, para a garantia de que não ocorreu uma lesão provocando o sangramento.
 
O derrame no olho melhora espontaneamente, isto é, mesmo sem tratamento, o que pode ocorrer num espaço de sete a vinte e um dias. Um exame oftalmológico garante que o sangue só está do lado de fora do olho, então o médico acompanha o paciente para garantir que o sangue é reabsorvido sem deixar sequelas. Raramente o paciente apresenta crises repetidas de sangramento e a região é biopsiada para garantir que não exista uma lesão causando o sangramento. Artigo escrito pela equipe da Clínica Belfort. Proibida reprodução parcial ou total sem autorização. Este artigo contém apenas informações gerais sobre doenças oculares e não substitui a avaliação por médico oftalmologista.

Engravidar por volta dos 40 exige mais cuidados

Padrão

 

Há uma idade ideal para engravidar?
Para o obstetra Daniel Rolnik, biologicamente, o melhor período é entre os 19 e 29 anos, quando o corpo está mais preparado para a gestação e os riscos para a mãe e o bebê são menores.  “O risco é maior a cada ano acima dos 35, e a gestação é mais crítica depois dos 40”, diz Rolnik. Além disso, quanto mais idade a mulher tem, menor a fertilidade. O obstetra Paulo Gallo, diretor do Vida – Centro de Fertilidade da Rede D’Or, no Rio de Janeiro, explica que o pico da fertilidade feminina vai dos 15 aos 25 anos. “A queda na fertilidade começa aos 25, acentua-se aos 30 e despenca depois dos 40”, diz Gallo. “A expectativa de vida aumentou muito nas últimas décadas, mas o ovário continua da mesma forma e já nasce com um número de óvulos pré-determinados”. O obstetra especialista em reprodução humana explica que, no período entre os 30 e 40, a mulher também está mais sujeita a ter problemas como cisto de ovários e endometriose, cujas cirurgias podem levar à infertilidade.
 
É preciso fazer tratamentos?
Não é necessário fazer um tratamento para engravidar. A menos que a mulher tenha problemas de fertilidade. “É hora de considerar um tratamento se você estiver tentando engravidar há mais de um ano, tendo mais de duas relações por semana e sem métodos contraceptivos”, diz Paulo Gallo.  Caso a intervenção médica seja necessária, quanto antes procurar uma clínica especializada, melhor. Quanto mais jovem, maior a chance de a fertilização dar bons resultados.  (veja quadro ao lado)
Quais são os riscos?
Para a gestante, os principais riscos são os de doenças com maior probabilidade de atingir mulheres na faixa dos 40 anos.  “As doenças pré-gestacionais mais comuns são diabetes e hipertensão arterial”, afirma Rolnik. “As que podem ocorrer durante a gravidez são diabetes gestacional, parto prematuro e pré-eclâmpsia [problema que ocorre quando há um comprometimento vascular na placenta]”. Todas essas doenças podem ser prejudiciais para o bebê, pois podem causar alterações no crescimento fetal. Outro problema é que, como os óvulos já não têm o conteúdo genético tão eficiente após os 35, a probabilidade de o bebê sofrer de alguma síndrome genética aumenta.
 
Quais cuidados ter antes de engravidar e durante a gestação?
Todas as mulheres, independentemente da idade, devem procurar um médico ao decidir engravidar. “É importante fazer alguns exames, suplementar o ácido fólico, corrigir hábitos inadequados como fumar ou beber e fazer um pré-natal bem feito”, diz Rolnik. “A orientação não muda muito, apenas temos de explicar que os riscos são maiores”. O obstetra afirma que é preciso fazer um mapeamento de doenças para todas as mulheres, jovens ou não. Aquelas com aproximadamente 40 anos devem ficar atentas à pressão arterial, fazer avaliação para detectar problemas na tireoide e, durante a gestação, dar atenção dobrada ao ecocardiograma fetal e ao ultrassom morfológico, que detecta doenças genéticas. “Procure um médico para fazer exames pré-gravídicos, ver se está em dia com as vacinas e pedir orientação para tomar ácido fólico antes da gravidez”, diz Abrão. É importante ter mais cuidado com a qualidade de vida, ficar atenta ao peso e ter hábitos e alimentação saudáveis. “Uma mulher de 40 anos com alimentação saudável, magra, que não fume ou beba, pode ter uma gravidez até melhor do que a de uma jovem que não se cuide”, diz Rolnik.

 

Tudo sobre vascularização

Padrão

 

A vascularização muscular depende, basicamente, de dois fatores:baixo percentual de gordura corporal e um treinamento em altasrepetições, normalmente de 30 a 50 repetições ininterruptas. Para nãoficar monótono, pode-se utilizar metodologias que permitem a execuçãode um grande número de repetições para uma musculatura, variando-seos exercícios.Para realizar a rotina de vascularização muscular você deverárealizar 4 séries sem interrupção, isto é, sem pausa entre as séries,variando entre 4 exercícios diferentes.
 
Ao realizar as 4 primeiras sériessem pausa, você descansa por 1 minuto. Feito isto, você realiza pelasegunda vez mais 4 séries sem interrupção e descansa por mais 1 minutonovamente, repetindo este ciclo por mais duas vezes, totalizando 4 ciclosde séries.Com este procedimento, o fluxo sangüíneo será otimizado,aumentando a vascularização, além de propiciar o recrutamento de fibrasmusculares que jamais você imaginava existirem.
O aumento do seu volume muscular depende de um elevado índicede massa e de uma elevada irrigação sanguínea para os músculos.Exercícios de intensidade, com redução gradual da carga e aumento derepetições são os pioneiros para se conquistar este objetivo.Esta rotina deve ser feita em paralelo com uma dieta para ganho demassa muscular, para maximização completa da musculatura.É importante dizer que você deverá fazer o alongamento antes decomeçar o treinamento, assim como um leve aquecimento na bicicleta.
 
É muito bom ter idéia por onde começar a buscar, mas melhor ainda é se atingir a verdade científica que está por detrás dos acontecimentos. Aguardo ansioso este dia, porque também sou um entusiasta de uma vascularização mais evidente e abundante. Medicina é uma ciência de verdades transitórias: cada vez que um método novo de detecção e comprovação de diagnóstico é inventado, paradigmas são quebrados e perguntas mais difíceis se apresentam, sendo assim, não tenham medo de contestar.
 
A segurança profissional e por conseqüência a qualidade e vanguardismo vem da capacidade de se abandonar o velho e buscar algo novo, de mudar sentidos e direções. Quando achamos que já sabemos tudo que existe para saber, é hora de estudar ainda mais duro, ainda mais concentrado e trabalhar mais pesado.

Alongamento muscular e flexibilidade

Padrão

 

Os alongamentos são exercícios voltados para o aumento da flexibilidade muscular, que promovem o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem o seu comprimento. O principal efeito dos alongamentos é o aumento da flexibilidade, que é a maior amplitude de movimento possível de uma determinada articulação. Quanto mais alongado um músculo, maior será a movimentação da articulação comandada por aquele músculo e, portanto, maior a sua flexibilidade.
 
O alongamento é uma técnica para harmonizar o corpo, indicado antes e após os exercícios físicos, pois preparam o corpo, relaxando a mente, previne lesões musculares, aumenta a coordenação motora, ajuda na redução da tensão, além de outros benefícios, como até mesmo aumento da flexibilidade. Porém aos que muitos não sabem, para obter esses benefícios é extremamente importante realizá-los corretamente, pois do contrário pode agravar ainda mais a situação, provocando até mesmo lesões musculares.
 
A flexibilidade só nos traz benefícios, garantindo uma maior disposição, havendo uma maior mobilidade, garantindo uma boa articulação, evitando que os músculos se atrofiem, evitando até mesmo sérios problemas futuros físicos e/ou mentais. É possível perceber a flexibilidade pela amplitude de certos movimentos.
Geralmente as crianças quando nascem possuem uma grande flexibilidade, e tal precisa ser estimulada aos poucos, para que as pessoas tenham uma vida mais saudável no futuro. Os alongamentos devem ser praticados com freqüência, para garantir os benefícios. Entretanto, devido à vida sedentária, posturas inadequadas, estresse diário e a não realização de alongamentos, o ser humano pode ter estruturas do corpo comprometidas pelo desalinhamento ou sobrecarga que sofrem. Com os músculos tensos ou encurtados, não haverá amplitude normal de movimentos, nem uma boa circulação sangüínea, além de causar desconfortos e até dores.
 
Os músculos estão protegidos por um mecanismo denominado reflexo de alongamento. Toda vez que estirar excessivamente as fibras musculares (seja por balanceios ou por excesso de alongamento) há a resposta do reflexo neuronal, que envia um sinal para os músculos se contraírem, o que impede que os músculos sejam lesionados. Portanto, quando você faz um alongamento desmesurado está contraindo os mesmos músculos que está querendo alongar.